segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Plano para socorrer britânicos...

"Temos planos de contingência para qualquer tipo de situação na zona euro."

O jornal The Daily Telegraph, afirma que os britânicos que vivem em Espanha e em Portugal “podem ter ajuda do Governo para deixarem os países se a “crise na Zona Euro arrastar os seus bancos” e eles deixarem de “ter acesso às suas contas bancárias”.


Alguém acredita nisto?
Não se trata do receio de os ingleses, sobretudo reformados, que vivem nos países do Euro (como França, Espanha e Portugal) fiquem sem acesso às suas contas bancárias pessoais.
O objectivo é bem diferente.
Aquilo que pretendem é levar estes cidadãos a regressar ao Reino Unido e assim contribuírem para a economia do país. Será bom lembrar que estes residentes em países do Euro são na sua grande maioria da classe média alta e logo transferem do Reino Unido avultadas quantias para a zona Euro...

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Já dizia o Scolari... "E o burro sou eu?!!!"

Mais uma chico-espertice vinda da República das Bananas:

"O Governo Regional da Madeira remeteu para o orçamento de 2012 o pagamento do fogo-de-artifício que este ano custará 845 mil euros.

O mesmo expediente foi seguido pelo governo madeirense com as iluminações, de cujo custo global de 2,29 milhões incluiu 114 mil euros no orçamento deste ano e remeteu os remanescentes 2,17 milhões para o ano económico de 2012."

Para ver aqui.

Portanto, aqui no continente fazem-se sacrifícios de todo tamanho:
Aumenta-se na saúde.
As autarquias não colocam iluminações de Natal.
IVA a 23% na electricidade porque não é considerado um bem essencial.
Os trabalhadores são privados de receberem os subsídios na sua totalidade, etc.

Na Madueira, com uma dívida gigantesca, o chamado buraco, dão-se ao luxo de:
Estourarem 845 mil € em fogo de artifício e remete-se o pagamento para 2012.
IVA a 16%, pois claro.
Deve ser um bem de 1ª necessidade lá na ilha. Isso e bananas...
Iluminações de Natal com um custo global de 2,29 milhões de euros? Pagam-se agora 114 mil euros e pró ano logo se vê...
Aumenta-se mais um bocadinho o buraco! Depois os do continuente pagam!
Já dizia o Scolari... "E o burro sou eu?!!!"

Mas andamos a brincar às austeridades ou quê?
Passos, vê se acordas! É uma boa altura para mostrares serviço...

Se não estiverem de acordo na República das Bananas, com as leis do continente, dêem-lhes a independência!
Ou então que não tenham estas políticas no continente.
Agora umas leis para uns e outras leis para outros, isso é que não!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Para reflectir...


Ultimamente temos assistido a diversos movimentos estranhos:
Ver aqui.
Ou o seguinte vídeo:
Na Grécia também há relatos de muitos gregos estarem a levantar o seu dinheiro dos bancos.

Não estaremos com o fim do euro à vista?

Existem já várias grandes empresas portuguesas como a Sonae a prepararem uma estratégia, ou um plano B para contornarem as dificuldades que um cenário desses deverá com certeza causar.

Abuso de autoridade...

Basta ver o vídeo para perceber o abuso das autoridades...
Agora as pessoas já não se podem manifestar livremente???!!!

Já agora uma palavrinha sobre este feriado de 1 de Dezembro que querem erradicar:
Sou completamente contra, pois é um feriado histórico muito importante, e que simboliza algo pelo qual muitos lutaram e deram a vida por isso.
Para quem não sabe o significado deste grande dia, pode consultar aqui.
Há outros feriados que poderiam ser retirados do nosso calendário, que são bem menos importantes.

domingo, 27 de novembro de 2011

Contra a crise! #4

Chamo à atenção para a grande reportagem do JN de hoje, com um grande empresário Vimaranense, no sector do calçado, que subiu na vida vindo do nada.
É dono da Kyaia, uma grande empresa com clientes em várias partes do mundo e que emprega mais de 600 pessoas.
Tendo como base as marcas FlyLondon e Foreva, a empresa está hoje em dia entre as maiores 10 empresas do mundo no sector.
Fortunato Frederico, o dono da empresa, indica que a chave do sucesso é o trabalho.
Um percurso notável e que serve de exemplo a todos. Especialmente num momento de crise como este!
Recomendo a leitura...

sábado, 26 de novembro de 2011

Mais uma greve geral para a mesa 4 "faxavor"...

Fonte: henricartoon.blogs.sapo.pt
(clique na imagem para aumentar)

Mais palavras para quê?
O excelente cartoon acima ilustrado diz tudo.
Numa altura em que o país precisa sobretudo produzir e tornar-se mais competitivo... Houve quem se lembrasse de uma greve geral.
Gostava de perguntar a esses iluminados:
E agora? O que é que mudou?
Só causou transtornos a toda a gente!

Já o disse aqui e repito: Defendo que as pessoas devam estar atentas e ser activas na vida política do país.
Devem intervir, protestar, lutar pelos seus direitos, indignar-se, mostrar o seu desagrado.
Mas não através de greves!
Quanto a mim, as greves só contribuem para prejudicar e agravar ainda mais a situação económica do país...

sábado, 19 de novembro de 2011

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Para mais tarde recordar...




6-2!
Resultado justo.
Se não fossem os 2 golos arranjados, tinha sido meia dúzia sem espinhas!

Gostei particularmente do momento em que se entoou a portuguesa no final.
E de dizer adeus aos bósnios quando terminou o jogo!

Para mais tarde recordar...

Parabéns Portugal!

Espero que consigamos mostrar esta qualidade na fase final da competição, conquistando o titulo aos nuestros hermanos.

Valha-nos o futebol!

domingo, 13 de novembro de 2011

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Mais uma pérola do chico espertismo tuga...

Administradores de hospital fechado há quase dois anos ainda recebem salário!!!


Se estão dois administradores a gerir um hospital fechado, imagine-se quantos devem haver nos que estão abertos!
O hospital já nem cortinados tem e estes senhores dizem que andam a tratar do património imobiliário.
Ainda dizem que o país está em crise... Depende é da perspectiva!
Aposto que estes cavalheiros não se queixam. LOL
Que mina!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Secretário de Estado apela a jovens para emigrarem...

Não queria deixar de fazer um comentário a esta notícia, em que o secretário de estado da Juventude e do Desporto, tem esta infeliz e até mesmo anti-patriota afirmação:
"Se estamos no desemprego, temos de sair da zona de conforto e ir para além das nossas fronteiras".

Como já alguém disse, este cavalheiro podia dar o exemplo e sair da sua zona de conforto colocando de imediato o seu lugar à disposição!

É extremamente desanimador ver um comentário deste tipo, vindo de uma pessoa com a sua posição na sociedade.
É a resignação ao actual estado da situação económica do país, e que deixa transparecer uma total incapacidade e falta de soluções para darmos a volta por cima.

Mau de mais.
Para dizer isso, mais valia estar calado!
Já diz um velho provérbio Indiano: Quando falares, procura que as tuas palavras sejam melhores que o silêncio.

Hoje o nosso Presidente merece uma vénia!

Finalmente alguém faz alguma coisa pela língua portuguesa. Um dos nossos maiores trunfos e que permanece por explorar.
Quem não viu, pode ver aqui:

A 6ª língua mundial em nº de falantes e um dos idiomas em maior expansão!

Momento Musical #38

Quim! Quim! Quim! Quim!


terça-feira, 13 de setembro de 2011

sábado, 10 de setembro de 2011

slb vs VSC (mais do mesmo...)

O Vitória hoje não ganhava, nem com Messi de um lado e CR7 do outro!

Na outra equipa havia uma vedeta, ainda maior... (para perceber, aqui)

sábado, 27 de agosto de 2011

Imposto sobre ricos...

Como se sabe, os mais ricos de vários países tiveram um discurso favorável ao pagamento de um imposto especial, no sentido de ajudarem a pagar a crise.

A polémica surgiu em França, com os mais abastados a auto-proporem-no. Já em Portugal, com a excepção de Joe Berardo, que se mostrou favorável a esta situação, apenas se obteve a resposta de: Américo Amorim, líder da Corticeira Amorim e considerado o homem mais rico de Portugal, que revelou ao Jornal de Negócios que não deveria pagar um imposto especial só para grandes fortunas, uma vez que não é rico, mas antes um simples assalariado. “Eu não me considero rico. Sou trabalhador”, afirmou.

LOL.

Pese embora a admiração que tenho pelo império e fortuna que este senhor reuniu, tenho a dizer-lhe que esta sua afirmação é ridicula e vergonhosa!
Então o homem mais rico de Portugal, não é rico?!!!
Quem ajudou e contribuiu para que este e os outros senhores todos da lista dos mais ricos construíssem uma fortuna colossal, não foram os portugueses?
Então está na hora de retribuírem ao povo, com uma migalha das suas fortunas abastadas!
Contribuir para o bem comum do seu povo, deveria ser um orgulho, uma satisfação e uma motivação.

Ter-lhes-ia ficado bem seguir de livre e espontânea vontade o exemplo dado por outros milionários além-fronteiras...

Taxem-nos!!!

Nota importante: Que fique bem claro, que quando digo: "Taxem-nos!!!", não quero com isto dizer para lhes arranjarem mais tachos.

Charret no centro histórico de Guimarães...

Dando seguimento a uma ideia referida num post anterior, aqui vai mais uma sugestão para a cidade-berço:
Porque não Guimarães ter a oferta de um serviço de charret e que realizava a volta ao centro da cidade, passando por pontos como o Toural, campo da feira, muralha, Mumadona, rua da Rainha, praças da Oliveira e de Santiago, terminando no altar da Pátria - Paço dos Duques e Castelo.

Julgo que seria um passeio bastante agradável para quem visita Guimarães.

Sendo uma cidade histórica, que respira uma atmosfera medieval, e tendo em mãos já no próximo ano a organização da Capital Europeia da Cultura, esta actividade enquadra-se na perfeição e seria mais uma oferta para os turistas, nos meses de Verão.

Fica a ideia. Agora basta arranjarem uns Garranos (raça de cavalos portuguesa e originária da região) e uma charret!

Nuno Assis de volta!

É com grande satisfação que constato o regresso de Nuno Assis ao VSC, que demonstrou nas duas passagens anteriores por Guimarães ser um jogador à Vitória, clube do qual não esquece a sua simpatia (pese embora aquele golo festejado de forma exuberante ao serviço do slb contra o Vitória, do qual se redimiu na sua última passagem pela cidade-berço).

Agora, grande reforço mesmo, seria a demissão da presidência amadora, actualmente em funções. O grande cancro que está a matar o Vitória.

Manuel Machado sai, e são vários os nomes que surgem como possíveis substitutos.
Dos nomes mais falados, o Vitor Paneira é aquele que mais me agrada, no sentido em que é um treinador que sente e conhece bem o clube, assim como a sua mística, característica que na minha opinião é importantíssima para se ter sucesso no clube.

Mas não tenhamos ilusões, enquanto houver uma direcção que administra o clube de forma incapaz e amadora, o Vitória não será capaz de ser competitivo a um nível que satisfaça as ambições da sua massa adepta.

No futebol profissional do VSC, não há lugar para:
- Péssimos planeamentos de épocas;
- Gestão desastrosa de jogadores (renovações, compra e venda);
- Desaproveitamento completo de camadas jovens de altíssimo gabarito;
- Acções de marketing pouco agressivas ou inexistentes;
- Desrespeito pelos valores mais importantes da instituição: os seus adeptos;
- Falta de ambição;
- Subserviência a outras instituições, que em nada beneficia o clube;
- Silêncio e atitude passiva de quem é eleito para defender os interesses do clube, quando o desrespeitam;

Nesse sentido, julgo que chegou o momento de acabar com o verdadeiro cancro que tem enfraquecido o clube e se realizarem eleições para dar um novo rumo ao Vitória.
O rumo do sucesso a que tem direito, pela sua grandeza e por tudo aquilo que representa!

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Começou o campeonato de Futebol...

Começou o campeonato de Futebol e no que diz respeito ao VSC, continua o mesmo circo: 1º jogo, 1º ROUBO!

Contra os mesmos de sempre...

Mesmo para quem gosta bastante de futebol, começa a ser desgastante assistir constantemente a estes assaltos ao apito armado e verificar que a impunidade continua.
De estranhar também, a atitude extremamente passiva do presidente do Vitória que ao não reagir a estas situações, compactua com este sistema existente no futebol português, que protege os mesmos de sempre e afasta o nosso clube da ribalta, contagiando também os adeptos que cada vez se afastam mais do clube.
Ao VSC, faz falta um presidente digno desse nome!
...Urgentemente!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Crise apenas para alguns...

Fonte: Henricartoon


Em tempos de forte crise económica, os ricos estão mais ricos...
Ver mais aqui.

Curiosamente, o mais rico está ligado à Galp...(!)
Os números relativos ao aumento da sua fortuna, de 2010 para 2011, impressionam, e são obviamente surpreendentes (para os mais desatentos)...

Que conclusão se pode retirar daqui?
O fantástico cartoon da imagem acima, ilustra com excelência quem é que aguenta com tudo isto...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

25 de Julho: O Rei fez anos (1111 - 2011)!

Portugal tem tantos feriados nacionais, e curiosamente nenhum que homenageie este dia que marca o nascimento daquele que fez mais pelo país, que nenhum outro!

Honra seja feita a todos os Vimaranenses, que não se esquecem deste dia:


Uma vénia a sua alteza!

VSC Campeão Nacional de Futebol de Praia!!!

Parabéns aos jogadores desta equipa, que demonstrou o que é andar de Conquistador ao peito...
Fonte: oVimaranes

PARABÉNS CAMPEÕES!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Os habilidosos das forças de segurança

Notícia do Público (14-07-2011):

Agente da PSP multado por cortar mal a relva

Um agente da Direcção Nacional da PSP, em Lisboa, foi multado em 313 euros por não ter cortado em condições a relva de um jardim interior e por, alegadamente, ter dito a um superior que já não possuía condições psicológicas para continuar a desempenhar aquela tarefa.
Têm surgido algumas situações caricatas na PSP nos últimos tempos (Daniel Rocha)

A punição do polícia (um agente principal) foi publicada ontem em Ordem de Serviço. O texto refere que a multa (correspondente a cinco dias de serviço) fica suspensa pelo período de um ano.

“No dia 26 de Março de 2011 não aparou convenientemente a relva do jardim central desta Direcção Nacional, nem cortou as ervas na zona envolvente nem na parada interior do edifício principal, conforme lhe havia sido determinado superiormente e após ter sido chamado ao Gabinete do Sr. Chefe da Área de Logística do Departamento de Apoio Geral, para se pronunciar sobre a forma como tinha executado o serviço, ter respondido: “Eu não faço mais nada, tiraram-me do meu cantinho e agora não tenho condições psicológicas para fazer este trabalho, pode escrever que não há problema”, refere o texto.

Um polícia contactado pelo PÚBLICO considerou este caso como “uma das muitas singularidades da PSP”, lembrando ainda que no último ano se registaram algumas outras situações caricatas, nomeadamente o louvor atribuído a um polícia destacado para a messe e que se terá destacado por saber fazer centros de mesa (com flores) de grande beleza.

Na GNR, por seu turno, foi louvado um militar pela habilidade em enfeitar árvores de Natal.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Acordo Ortográfico (ainda e sempre anti esta estupidez)...

Recebei a seguinte mensagem via email, e como sou anti acordo ortográfico, tenho todo o gosto em partilhar, dada a estupidez e falsa de senso deste acordo:

Nos nossos sete, oito e nove anos tínhamos que fazer aqueles malditos ditados que as professoras se orgulhavam de leccionar. A partir do terceiro erro de cada texto, tínhamos que aquecer as mãos para as dar à palmatória. E levávamos reguadas com erros destes: "ação", "ator", "fato" ("facto"), "tato" ("tacto"), "fatura", " reação", etc, etc... "

Com o novo acordo ortográfico, voltam a vencer-nos, pois nós é que temos que nos adaptar a eles e não ao contrário. Ridículo...Mas, afinal de onde vem a origem das palavras da nossa Língua? Do Latim!! E desta, derivam muitas outras línguas da Europa. Até no Inglês, a maior parte das palavras derivam do latim.Então, vejam alguns exemplos:
Em Latim: Actor, Factor, Reactor, Sector, Protector, Selection, Baptismus, Optimus

Em Francês: Acteur, Facteur, Tact, Réacteur, Secteur, Protecteur, Seléction, Exacte, Excepté, Baptême, Exception, Optimum

Em Espanhol: Actor, Factor, Tacto, Reactor, Sector, Protector, Seleccion, Exacta, Excepto, Excepción

Em Inglês: Actor, Factor, Tact, Reactor, Sector, Protector, Selection, Exact, Except, Baptism, Exception, Optimum

Até em Alemão, reparem: Akteur, Faktor, Takt, Reaktor, Sektor, Protektor

Velho Português (o que desleixámos): Actor, Factor, Tacto, Reactor, Sector, Protector, Selecção, Exacto, Excepto, Baptismo, Excepção, Óptimo

O novo Português (o importado do Brasil): Ator,Fator, Tato, Reator, Setor, Protetor, Seleção, Exato, Exceto, Batismo, Exceção, Ótimo


Conclusão: na maior parte dos casos, as consoantes mudas das palavras destas línguas europeias mantiveram-se tal como se escrevia originalmente.Se a origem está na Velha Europa, porque é temos que imitar os do outro lado do Atlântico.Mais um crime na Cultura Portuguesa e, desta vez, provocada pelos nossos intelectuais da Língua de Camões.

Não é possível alterar esta me... palhaçada?

terça-feira, 12 de julho de 2011

sábado, 9 de julho de 2011

Agências de rating (sem espinhas)...

Pessoal, ouçam e divulguem para todos perceberem aquilo que se está a passar aqui...
No fundo, atravessamos uma guerra económica entre a Europa e os EUA, que como todos sabemos não são nenhuns anjinhos...

É altura de abrir a pestana!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Piadas Secas #10

A nova directora-geral do FMI, deu Portugal como exemplo a seguir, pela Grécia:

"Espero que todos os partidos políticos [gregos] se possam justamente inspirar nos exemplos dados pelos partidos políticos em Portugal..."

A Grécia deve estar mesmo mal...

Fuck Moody's!!!

O orgulho dos portugueses contra a agência de rating, Moody's...

Participem!!!

sábado, 2 de julho de 2011

Desafio...



Existem rumores de que os três internacionais da foto em cima, Assis, Meira e Mendes, poderão regressar ao VSC.
As condições para que isso possa acontecer, são óptimas. Estão disponíveis, são grandes jogadores, têm lugar no onze, têm a mística do clube, são pretendidos pelos adeptos, e querem voltar a jogar de rei ao peito!

A sua contratação exige-se!

Fica então uma pergunta no ar: Terá o Milo arcaboiço para ganhar tal desafio?

sábado, 25 de junho de 2011

Acordo Ortográfico...

Recebi este email, que expõe a resposta do Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho, a um email enviado por um cidadão português que o questionava em relação ao Acordo Ortográfico:


Já tenho afirmado, em resposta a essa questão colocada por jornalistas, que o acordo que Portugal assinou há vários anos atrás (porque tal acordo já foi assinado) não representa nenhum benefício para a língua e cultura portuguesa, pelo que não traria qualquer prejuízo que não entrasse em vigor. De resto, não vejo qualquer problema em que o português escrito possa ter grafias um pouco diferentes conforme seja de origem portuguesa ou brasileira. Antes pelo contrário, ajuda a mostrar a diversidade das expressões e acentua os factores de diferenciação que nos distinguem realmente e que reforçam a nossa identidade. Aliás, considero míope a visão de que o mercado brasileiro de cultura passará a estar aberto aos autores portugueses em razão da homogeneidade da grafia, pois que o interesse desse mercado pela nossa produção só pode depender do real interesse pelas nossas especificidades e aí a suposta barreira do grafismo não chega a ser uma barreira, pode ser um factor de distinção que acentua o interesse pela diferença.


Não responderia melhor!
Estou completamente de acordo. Eu e toda a gente que conheço...
Até hoje ainda não encontrei ninguém que fosse a favor deste acordo.
Ainda assim, foi assinado...

sexta-feira, 24 de junho de 2011

24 de Junho: O Verdadeiro dia de Portugal!



Faço questão de repetir e portanto sublinhar, aquilo que tinha já afirmado no ano passado, neste mesmo dia, aqui no Ilimitado.

Com todo o respeito por sua excelência Luís Vaz de Camões (:P), hoje é que é o verdadeiro dia de Portugal!
...Dia de Portugal, de Dom Afonso Henriques e das comunidades Portuguesas!

Até retirávamos um feriado do calendário, para ajudar à produção nacional, contra a crise!

...Pena é que apenas Guimarães e os Vimaranenses o respeitem como tal.

Viva Guimarães!
Viva Dom Afonso Henriques!
Viva Portugal!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Piadas Secas #9

Os ministros que acabaram de cessar funções no governo, foram praticamente unânimes na afirmação que fizeram na hora da despedida:

"Saio com a sensação de dever cumprido."

LOL

domingo, 19 de junho de 2011

A arma contra a crise, chama-se: Qualidade! #3

O laboratório de investigação científica na área da Medicina Regenerativa, nas Taipas - Guimarães, é um dos mais sofisticados do Mundo e conta com 125 cientistas de mais de 20 nacionalidades.

Esta capacidade empreendedora, capaz de gerar novas oportunidades de negócio e emprego qualificado é de enaltecer e é sem dúvidas a atitude que aponta para o caminho do progresso e sucesso do nosso país.

Parabéns a todos os envolvidos!


sábado, 18 de junho de 2011

Praia em Guimarães...

Guimarães, cidade histórica, milenar, berço de Portugal, Património Mundial, Capital Europeia da Cultura, mítica. É a cidade quase perfeita!
Falta praia.

Porque não criar uma praia artificial em Guimarães?
Se Mangualde tem praia, com água salgada, bares, concertos internacionais e até o homem das bolas de Berlim, porque é que Guimarães não há-de ter?

Queremos praia em Guimarães! :D

Ao dinheiro que têm andado a estourar com a Capital Europeia da Cultura, sem obra à vista, bem que podiam canalizar parte desses fundos para a praia do Berço.

sábado, 11 de junho de 2011

Interesses da "União" Europeia...

Há hoje em Portugal 220 mil agricultores que recebem subsídios da União Europeia para não produzir.
Trata-se de lavradores que se encontram no "regime de pagamento único", que apenas os obriga a manterem "agricultáveis" (isto é: em condições para voltarem a ter produção) os terrenos de onde arrancaram o que lá tinham.Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, entre 1999 e 2009, o país perdeu 25% das explorações agrícolas e 110 mil agricultores.

Questões como esta, dão que pensar...
União Europeia, ou Não à União Europeia?
Heis a questão!

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Rescaldo das legislativas...

Sócrates nunca mais!

Após seis anos de governação miserável e danosa, foi bom constatar que os portugueses souberam mostrar o seu desagrado para com o governo socialista, que sofreu uma derrota histórica.

...E Portugal virou à direita!
Embora pessoalmente esperava uma votação mais expressiva no CDS.

De notar também o crescimento dos pequenos partidos e dos votos em branco.
Sinal evidente do descontentamento e desconfiança que muitos portugueses sentem pelos partidos com assento parlamentar.

Lamentável foi constatar que mesmo assim, houve concelhos do país onde o PS teve a maior percentagem dos votos.
Pior ainda, quando um desses concelhos foi o de Guimarães...

Mas o ponto mais negativo quanto a mim, foi a percentagem elevadíssima da abstenção.
Num período económico extremamente difícil para Portugal, é triste constatar-se que a maioria votante se mostrou completamente indiferente em relação à situação actual do país e nem se dignou a dar a sua opinião em relação aquilo que pretendem para Portugal.

Finalmente, esperemos que este governo que iniciará funções privilegie apenas e só os interesses da nação.

sábado, 4 de junho de 2011

Subscrevo as palavras do PR...

"Na grave situação económica e social em que o País se encontra é um dever de todos os cidadãos manifestarem a sua vontade e dizerem quem deve assumir a responsabilidade de governar Portugal nos próximos 4 anos", escreve Cavaco Silva na sua página na rede social Facebook. O Presidente da República considera que "quem não votar perde a legitimidade para depois criticar as políticas do Governo" que será eleito nas legislativas de Domingo.
"Abster-se de votar é demitir-se do seu próprio futuro", insiste.

Apelo ao voto




Ja que estamos todos numa onda de votar, deixo aqui o apelo ao voto na banda Venus Lovers para irem actuar no festival Optimus Alive 2011!

Neste momento a mais erótica e famosa banda de Vila Real esta em segundo lugar a uma curta distancia do primeiro. Vamos ajudar esta causa!

Para votar sigam o link http://liveact.optimus.pt/artista/venuslovers
Basta estarem ligados ao Facebook e tornarem-se fãs do Optimus alive.

Contra a crise e contra o FMI votem Venus Lovers!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

O Voto...


No próximo dia 5 de Junho é dia de eleições e o voto é um dever de todos os portugueses, que espero, vão votar em grande número.

Mas em quem votar?

Relativamente aos partidos mais pequenos, pouco conheço.
Desde o início da campanha eleitoral que têm enfrentado uma competição desleal, imposta pela comunicação social, que foi agora obrigada em tribunal a dar as mesmas oportunidades a todos os candidatos. Decisão que peca por tardia, mas que vem trazer alguma justiça...

Em todo o caso, destaque para o PCTP-MRPP de Garcia Pereira, que quanto a mim já merecia um lugar no parlamento.
Mas não mais do que isso.
Penso que não é um partido com uma estrutura sólida que lhe permita ser solução para governar o país, especialmente na situação actual.

Sobre os maiores partidos:

Votar PS, é o chamado voto QI=20! O voto na destruição do país... Um voto incompreensível!
Se o PS vencer estas eleições depois de seis anos de uma governação miserável, José Sócrates terá de ser estudado. Só um génio conseguiria aldrabar tanta gente durante tanto tempo!

Votar PSD, é um voto na continuidade.
Nada mudará.
Aliás, a história das últimas décadas traduz a verdade desta afirmação.
Além disso, Pedro Passos Coelho é muito tenrinho para liderar um país nestas condições.
Tão tenrinho que ainda se arrisca a perder as eleições, mesmo num período em que o seu partido arrancou a campanha em grande vantagem, por motivos óbvios...
Também muito incoerente, mudando de opinião em relação a determinados assuntos, conforme a direcção do vento...

BE e CDU não têm políticas credíveis, nem sérias, nem responsáveis. Basta ver os debates nos quais estiveram presentes os seus líderes, onde nunca demonstraram ser uma opção válida.

Sobra o CDS.
Quanto a mim, é a escolha mais sensata.
É um partido com uma estrutura capaz e que acima de tudo rompe com a continuidade do sai PS, entra PSD e vice-versa.
Isso por si só, já porta alguma esperança ao povo.
Mas não se trata apenas disso.
Tenho acompanhado esta campanha do CDS com especial atenção, e de facto vejo que têm um projecto para Portugal e boas ideias, nas quais me revejo.
Eu já me decidi, e vou votar CDS.

No Domingo, o mais importante é que os portugueses vão votar massivamente, contrariando a tendência extremamente negativa para o futuro do país, que é a forte abstenção que ultimamente se verifica.

Espero que todos os portugueses o façam, e nesse ponto subscrevo a recente afirmação de Francisco Louçã.

domingo, 29 de maio de 2011

Grandes Frases #34


Abstenção e voto em branco é desistir do país.

por Francisco Louçã

Passos Coelho e o aborto...

Num período de grande crise económica como aquele em que vivemos no momento, Passos Coelho achou muito importante vir falar sobre a questão do aborto.
Novo referendo?
Meus amigos, preocupem-se com os assuntos realmente sérios e preocupantes para o bem do nosso país!
É por essas e por outras, que o senhor Passos não terá o meu voto.

Acorda Portugal!
É tempo de mudança!
No Domingo vamos todos fazer o nosso dever de votar e mostrar o nosso descontentamento com esta gentalha que deixou o país na lama!

Grandes Frases #33


Portugal precisa de nós.
Domingo vá votar.
Segunda vá trabalhar.


sexta-feira, 27 de maio de 2011

Curiosidades #5

No outro dia vi uma expressão num blogue, que já não ouvia há muito tempo: Tens uns ouvidos de tísico!

Então googlei isso.

Ao que parece, essa expressão teve origem no período da 2ª Guerra Mundial em que muitos jovens sofriam de uma doença denominada tísica, que corresponde à tuberculose.
A forma mais mortífera era a tuberculose pulmonar.

...Com o aparecimento dos antibióticos durante a II Guerra Mundial, foi possível combater este doença com muito maior êxito.

As pessoas que sofrem de tuberculose pulmonar tornam-se muito sensíveis, incluindo uma notável capacidade auditiva.

A expressão «ter ouvidos de tísico» significa, portanto, «ouvir tão bem como aqueles que sofrem de tuberculose pulmonar».

Tísico - Do latim phthisĭcus. Aquele que está atacado de tísica.

Piadas Secas #8


- Alguém do PSD disse que o CDS anda a pôr-se em bicos de pés. ...Aposto que não foi o Marques Mendes!

por Bruno Nogueira

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Desilusão...


Ontem houve jogadores que mostraram não ter estofo para andarem de Rei ao peito.
Numa final, sofrerem-se cinco golos em 45 minutos é inadmissível.
...E não foi sorte dos outros. Foi incompetência dos profissionais do Vitória!
Estiveram à altura dos seus dirigentes.
Nós adeptos, não merecíamos.
Para a história fica mais uma... Cinco finais, zero taças de Portugal!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Curiosidades #4


Sabias que os primeiros europeus a visitarem o Sri Lanka foram os portugueses?

Os portugueses chegaram ao então Ceilão Português, após a descoberta do caminho marítimo para a Índia, em 1505.
Os portugueses ocuparam, primeiro, a cidade de Kotte, mas, devido à insegurança do local, fundaram a cidade de Colombo (actualmente a maior cidade do Sri Lanka) em 1517 e, gradualmente aumentaram o controlo pelas áreas costeiras.

A canela vinda do Sri Lanka, era a melhor de todo o Oriente e era muito valorizada na antiguidade, sendo usada para presentear a monarcas e outras personalidades importantes.
No início do século XVI começou a ser transportada pelos comerciantes portugueses para a Europa, directamente do Ceilão, chegando um Kg a valer dez gramas de ouro.

O Ceilão Português, actual Sri Lanka, foi território de Portugal durante mais de 150 anos (!), até ter sido tomado pelos Holandeses.
Os Holandeses aproveitaram o período de domínio Filipino e tiveram a ajuda dos ingleses (pois estávamos ao lado dos espanhóis e também porque lhes convinha pois Portugal tinha um dos maiores impérios daquela época e uma posição de grande influência naqueles territórios), assim como dos locais que não gostavam dos portugueses devido à religião, pois muitos locais converteram-se ao cristianismo, que desagradava à maioria budista.

Como resultado do domínio português, surgiram os burghers, um grupo étnico do Sri Lanka, descendente de portugueses, católicos e falantes do indo-português do Ceilão, uma linguagem crioula de origem portuguesa, que surgiu após a chegada dos Holandeses que aboliram a língua portuguesa.
Existem também numerosos apelidos de origem portuguesa que permanecem até hoje, como Pereira, Abreu, Salgado, Fonseca, Fernando, Rodrigo e Silva que se tornaram parte da cultura do Sri Lanka.

Durante as guerras Napoleónicas, o Reino Unido, temendo que o controlo de França sobre os Países Baixos fizesse com que o Sri Lanka passasse ao controlo francês, ocuparam a ilha, em 1796.
Mesmo após a independência do Sri Lanka em 1948, permaneceram intactas as bases aéreas e navais britânicas instaladas no país. Curiosamente um dos vários exemplos, muito diferentes daquilo que se passou com a descolonização das colónias portuguesas.

Os portugueses foram o primeiro povo a dar sentido ao termo, globalização.
Um povo com uma história tão rica, poderia e deveria aproveitar melhor o seu passado grandioso!

domingo, 15 de maio de 2011

Curiosidades #3


Sabias que os portugueses foram os primeiros europeus a chegar ao Japão?

Nagasaki, hoje mais conhecida como a segunda cidade a ser atacada com uma bomba atómica pelos EUA, foi fundada pelos portugueses, no século XVI.

Nagasaki tornou-se na época numa das cidades mais importantes do Japão, muito devido ao seu porto que foi usado nas trocas comerciais entre Portugal e o Japão onde os portugueses funcionavam sobretudo como intermediários no comércio entre o Japão e a China, durante os séculos XVI e XVII.

Durante esse período, foram muitas as marcas que os portugueses deixaram por lá, onde introduziram as armas de fogo, além de novos conhecimentos nos domínios da medicina ocidental, astronomia, matemática, religião, além de ensinarem a arte da navegação dos portugueses.
Ainda hoje, Nagasaki permanece a cidade mais cristã do país.
Entre muitas outras coisas, os portugueses deixaram ainda influências na língua, sendo que existem muitas palavras da língua japonesa, que derivam do português, tais como: tabako (tabaco), pan (pão), botan (botão), Kyaputen (capitão), Iesu (Jesus), Kurosu (cruz)... A título de curiosidade, podem testar essas palavras no tradutor do google e ouvir a pronúncia em japonês.

No século XVI chegamos ao Japão e ensinamos-lhes muita coisa.
E hoje, que fazemos?

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Anedota sobre QIs...

Um sujeito entra num bar novo, hi-tech, e pede uma bebida. O barman é um robô que lhe pergunta:
- Qual o seu QI?
homem responde:
- 150.
Então o robô serve um cocktail perfeito e inicia uma conversa sobre aquecimento global, espiritualidade, física quântica, interdependência ambiental, teoria das cordas, nanotecnologia e por aí.

O tipo ficou impressionado, e resolveu testar o robô. Saiu, deu uma Volta e retornou ao balcão. Novamente o robô pergunta:
- Qual o seu QI?
O homem responde:
- Deve ser uns 100.
Imediatamente o robô serve-lhe um whisky e começa a falar, agora sobre futebol, fórmula 1, super-modelos, comidas favoritas, armas, corpo da mulher e outros assuntos semelhantes.

O sujeito ficou abismado. Sai do bar, pára, pensa e resolve voltar e fazer mais um teste. Novamente o robô pergunta-lhe:
- Qual o seu QI?
O homem disfarça e responde:
- Uns 20, eu acho!
Então o robô serve-lhe uma pinga de tinto carrascão, inclina-se no balcão e diz-lhe bem pausadamente:
- E então meu, vamos votar no Sócrates de novo?


domingo, 8 de maio de 2011

Mensagem do Papa

Portugal tem 2 milhões de hectares de terra completamente ao abandono

As contas foram feitas pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, Rui Barreiro, e hoje anunciadas oficialmente: Portugal tem cerca de dois milhões de hectares de terra abandonada – ou seja, uma área equivalente a cerca de dois milhões de campos de futebol pronta para ser trabalhada.
Ver mais aqui.

Não concordam que este é um recurso demasiado importante para se desperdiçar?
De à 30 anos para cá, toda a produção tem vindo a decrescer gradualmente a troco de... Subsidiozecos!
A "união" paga a Portugal, para não produzirmos!
Os nossos governantes não deveriam nunca, ter posto os interesses da Europa (para bom entendedor: França, Inglaterra e Alemanha) à frente dos de Portugal!

Medina Carreira em mais uma grande intervenção...

Medina Carreira reapareceu e continua com as suas grandes intervenções:


Desta entrevista na SIC Notícias, retiro dois pontos muito importantes e dos quais eu já tinha falado aqui no Ilimitado.
O 1º ponto é relativo ao gráfico que o senhor Medina Carreira mostrou, e que demonstra claramente que o único período em que as contas da República portuguesa se mantiveram estáveis foi aquele que coincidiu com o Estado Novo.
Foi provavelmente este gráfico que não agradou a muita gente e que fez com que o programa "Plano Inclinado" fosse "suspenso", pois considera-se que este tipo de coisas possa vir a trazer consequências perigosas.
Ora, isto do meu ponto de vista não são, nada mais nada menos, do que factos. Até porque os números não mentem!
Quem quiser, que os entenda da forma como bem entender, mas o óbvio é apenas o seguinte: Excluindo-se o governo do Estado Novo, os governos foram sempre compostos por políticos ou incompetentes, ou corruptos! Não há outra conclusão a retirar daí...
Não defendo uma ditadura. Gosto da liberdade.
Mas este é um facto e é muito importante que se retirem sérias conclusões disto.

E uma solução para isto, leva-nos ao segundo ponto...

O 2º ponto: É a responsabilização dos políticos pelos seus desempenhos.
Neste momento, a única coisa que pode acontecer aos políticos de um governo que termina funções e deixa o país num caos pior do que aquele que encontrou, que demonstrou incompetência e falhou a promessas políticas feitas em tempo de campanha (só para angariar votos dos mais crédulos), é apenas sair do governo. ...E o mais provável será conseguir um grande emprego, pelos feitos atingidos durante a sua governação. Falo de favores aos amigos administradores, etc.

Alguma coisa tem de ser feita nesse sentido, pois a nossa classe política já provou não ser capaz de governar competentemente, apenas com o propósito de servir os interesses do país.
Motivo pelo qual são eleitos.
Estão mais interessados nos seus próprios interesses.
Eu já aqui tinha referido que, uma solução seria colocarem-se objectivos (parecido como se faz com os jogadores de futebol) e no final do mandato os governantes terem fortes penalizações no caso de não se atingirem esses mesmos objectivos. Por exemplo, assim de repente estou a lembrar-me de uma boa penalização: que tal retirarem-lhes as reformas chorudas a que têm direito, no final dos seus mandatos miseráveis?
Essa seria uma penalização interessante, mas aceitam-se mais sugestões...

Em relação ao senhor Medina Carreira, junto a minha à voz de muitos outros portugueses que pensam o mesmo: Não se cale!
Continue a dizer a verdade aos portugueses. A verdade que nos é omitida por quem tem a responsabilidade de o fazer...
Para quem não sabe, esta crise que estamos a atravessar no momento, tinha já sido prevista por este senhor que fez questão de referir por diversas vezes que estávamos a viver muito acima das nossas possibilidades.
Portanto, não foi por falta de avisos que chegamos à situação actual.